17 de janeiro de 2013

Crowdfunding: biblioHistória


biblioHistória perdeu este ano o apoio da Porto Editora, o que põe em causa a sua manutenção. O escritor Pedro Almeida Vieira, que criou esta base de dados de obras do género histórico em 2010, felizmente teima em não deixar morrer o projecto, e iniciou uma campanha de crowdfunding de modo a obter o financiamento necessário não só à manutenção da biblioHistória, mas também à sua melhoria. O objectivo da campanha é de apenas 1000 euros, pelo que não há razão para que uma iniciativa tão meritória chegue ao fim.

biblioHistória constitui uma base de dados, iniciada em meados de 2010 pelo escritor Pedro Almeida Vieira, que integra  obras de literatura do género histórico - ou com incursões históricas - publicadas por escritores portugueses desde o século XIX até à actualidade. Foi na pesquisa de informação que foi (re)descoberta a obra do primeiro escritor do romance moderno português, Guilherme Centazzi, que publicou «O Estudante de Coimbra», em 1840 e 1841, entretanto reeditada no ano passado pela Planeta (ver vídeo).
Actualmente, a biblioHistória tem já inventariados 645 autores (incluindo pseudónimos) e 1.770 títulos, entre romances, novelas, contos e narrativas ficcionadas. Estão também incluídas 59 obras de autores anónimos, grande parte das quais em periódicos. No entanto, ainda se continua a realizar pesquisas para a inclusão de mais obras e obtenção de mais informação.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...